Imprimir esta página
Desembargadores do Mato Grosso homenageados em São Paulo
02 Março 2018 Escrito por 

Desembargadores do Mato Grosso homenageados em São Paulo

шаблоны RocketTheme
Форум вебмастеров

Dois desembargadores e um servidor do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) foram homenageados pelo Colégio Permanente de Diretores de Escolas Estaduais da Magistratura (Copedem). A honraria foi dada ao desembargador e presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, Márcio Vidal; à vice-presidente do TJMT, Marilsen Andrade Addario; e ao assessor da Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso (Emagis-MT), João Luiz Bettini.

A sessão solene foi realizada no dia 23 de fevereiro, no plenário 1º de Maio da Câmara municipal de São Paulo/SP e reuniu dirigentes de todos os estados da federação, além do governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Doria.

 “A homenagem ganhou especial importância para mim, pois partiu do Antônio Rulli [desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de São Paulo e presidente do Colégio Permanente de Diretor de Escolas Estaduais da Magistratura (Copedem)]. Por ter sido desta forma, a iniciativa desse colega ilustre, que infelizmente faleceu no início deste ano, tem um significado afetivo. A homenagem é fruto de um trabalho e de um amor que nutro pela academia. Tive a satisfação de sido diretor, vice-diretor e membro do conselho da Escola da Magistratura de MT, além disso, sou professor há mais de três décadas na UFMT. O nosso caminhar propiciou essa honraria por parte de colegas da academia”, ressaltou o desembargador Vidal - membro coordenador do Centro de Estudos da América Latina no Copedem.

Emoção - O Colégio possui 81 dirigentes em todos os estados e Distrito Federal. Os organizadores do evento fizeram uma homenagem especial ao desembargador Antônio Rulli Junior. A Sessão destinou ao Copedem, que teve Rulli como um dos fundadores e presidente, a mais alta honraria da Câmara Municipal de São Paulo – a Salva de Prata –, além de diplomas a dirigentes. A desembargadora Suely Rulli, viúva do dirigente, recebeu a homenagem.

O nome do desembargador Antônio Rulli, um dos fundadores do Copedem e presidente até o seu falecimento ocorrido em janeiro deste ano, foi exaltado com emoção na sessão. As homenagens são propostas por meio de projetos de decreto legislativo, segundo o Regimento Interno. A escolha dos homenageados segue os critérios dos artigos 347 e 348 do Regimento.

Ulisses Lalio / Fotos: Tony Ribeiro (F5)

Coordenadoria de Comunicação do TJMT